Sobrenomes espanhóis para cidadania

Cidadania espanhola sobrenomes 
Muitas pessoas tem a curiosidade de saber um pouco sobre a diferença entre a linguagem espanhola com a brasileira. Os espanhóis instalaram aqui Brasil por volta dos séculos XIX e XX e a estimativa é de que neste país tenha atualmente até 15 milhões de brasileiros com ascendência espanhola. Sem dúvida alguma muitos já devem ter visto falar em alguém que tem avós ou bisavós espanhóis, talvez até seja o caso de vários.

Sem contar que isso trata-se de grande interesse do povo brasileiro pela fato de conseguir a cidadania espanhola e aproveitar das vantagens de ser europeu, como por exemplo, morar em qualquer país da União Européia.

Abaixo, preparamos uma lista com informações importantes e através delas, você ficará sabendo se tem direito a cidadania espanhola e como tirar a sua. Confira:

Para começar, existe somente três situações onde é possível pedir a cidadania espanhola sendo você ou qualquer pessoa do Brasil. A primeira é morar legalmente na Espanha, a segunda é o casamento do brasileiro com espanhol e, a terceira, ser cidadão por descendência ou então por herança.

Morando legalmente na Espanha
Se você viveu de maneira permanente e legal naquele país sendo alguém brasileiro, ou melhor dizendo, de uma país ibero-americano. Sendo assim, após 2 anos, a pessoa já pode solicitar a cidadania espanhola.

Casando com espanhol(a)
Para a pessoa que é casada com alguém que tenha cidadania espanhola, com mais de um ano de residência legal na Espanha, pode pedir também a sua. Se o casamento foi antes da data 02 de maio de 1975, a pessoa já é legalmente espanhol.

Cidadania por descendência ou por herança
Nessa parte é praticamente o mesmo modo, a pessoa pode herdar sua cidadania por descendência ou por herança de seus pais ou avós.

Essas foram as três situações sobre a cidadania espanhola sendo você brasileiro.

Outra curiosidade em relação a Espanha e Brasil é a importância da cidadania espanhola por residência. Saiba como isso funciona.

Então, se a pessoa viveu por 2 anos legalmente na Espanha isso dá conta de que ela tem o direito de solicitar a cidadania espanhola e a primeira coisa a fazer para sua cidadania na Espanha é comparecer até um Registro Civil, pode ser até o mesmo que encontrar mais perto de você munidos dos seguintes documentos:

Um formulário preenchido de pedido de nacionalidade;
TIE – “tarjeta de residência”, original e cópia (carteira de estrangeiro – residência);
O passaporte original e cópia de todas as suas páginas;
A certidão de “empadronamiento” (documento que pode ser feito indicando o endereço em que a pessoa está vivendo na Espanha);
A certidão de nascimento do Brasil, que não deve ter mais de 6 meses e que pode ser devidamente legalizada em cartório brasileiro;
Se casado, a certidão de casamento original, que também deve ser legalizada em cartório brasileiro;
Documentos original e cópia (diversos) que comprovem que tem renda para morar na Espanha (contracheque, contrato de trabalho, entre outros);
Prova de conhecimentos constitucionais e sócio culturais da Espanha e o DELE, para avaliar o nível de espanhol, no Instituto Cervantes e apresentar os diplomas conseguidos com os demais documentos.

Lembrando que se o brasileiro que for a cidadania espanhola por residência seja casado, este por sua vez deve ir acompanhado da esposa ou marido no dia e hora marcada no Registro Civil. Caso não seja possível, é preciso levar obrigatoriamente um documento que confirma que o cônjuge está ciente do seu pedido de cidadania. Isto pode ser feito com declarações registradas por um tabelião. Se realizadas na Espanha, em espanhol, basta carregar o documento. Se feita no Brasil, também será preciso firma reconhecida no documento.

Já no caso dos divorciados é obrigatório apresentar a certidão de casamento com a averbação do divórcio e os viúvos, a certidão de óbito.

Importante lembrar ainda que a documentação em português deve ser traduzida por um tradutor juramentado da Espanha e o pedido inicial também deve ser feito através da internet e custa 101 euros. A vantagem é que pela web os processos parecem ser ótimos.

Depois de fazer a solicitação de cidadania, o pedido pode demorar cerca de 2 anos.

– Saiba como conseguir a cidadania espanhola herdada da família

Para conseguir a cidadania espanhola, a maneira mais fácil é herdando de avós ou pais espanhóis.

Podem se considerar espanhóis de origem as pessoas que tiverem pai ou mãe espanhola;
Aqueles que nasceram na Espanha, mesmo que sejam filhos de pai ou mãe estrangeiros (um dos dois deve ser espanhol).
Filhos de espanhóis
Se um dos seus pais é espanhol você tem direto de obter a cidadania espanhola através do processo conhecido como nacionalidade originaria, onde é transmitida de pai/mãe para filhos. Esse é de fato a forma mais facilitada e direta de conseguir a cidadania espanhola.

Já em relação aos netos de espanhóis, ara a felicidade de muitos brasileiros, nós devemos conseguir a dupla cidadania espanhola se um dos avós (maternos ou paternos) forem espanhóis. Nesse caso, para os netos terem a cidadania espanhola, é necessário ser menor de idade e, após obter a cidadania, é obrigatório depois dos 18 anos de idade, manifestar o interesse em seguir com a nacionalidade espanhola até os 21 anos, e caso não o faça, pode está sujeito a perder o direto!

Para os netos de espanhóis maiores de idade, a única forma de conseguir o direito de pedir a cidadania espanhola é morarndo por mais de um ano na Espanha legalmente. Após esse período, podem pedir a cidadania.

Muitos também tem a curiosidade de saber se é possível adquirir cidadania espanhola para bisnetos. Veja se pode:

Certidão de nascimento de quem está fazendo o pedido com 6 meses de validade e legalizada;
Certidão negativa de antecedentes criminais, não superior a 3 meses da data do pedido, legalizada;
Certidão de casamento do familiar espanhol, legalizada;
Passaporte espanhol do familiar espanhol;
Documento de identidade.
Em caso de familiar falecido
No caso de ser um pedido por meio de um familiar que já morreu, será preciso apresentar a certidão de óbito legalizada.

O pedido pode ser realizado no consulado espanhol da sua cidade e você pode agendar o atendimento diretamente no site. O tempo de espera de aceitação do pedido é de mais ou menos cerca de 2 anos.

Outra pergunta que não quer calar é de como obter a cidadania espanhola por meio do casamento. É possível sim conseguir a cidadania espanhola, uma vez que casado(a) com um cidadão nascido na Espanha. O mesmo vale para pessoas em regime de união estável. Em ambos os casos, os documentos exigidos são:

Certidão de nascimento de quem está pedindo a cidadania e do espanhol;
Carteira de identidade de quem está solicitando a cidadania;
Certidão de casamento;
Comprovante de residência;
Certidão de antecedentes criminais de quem está solicitando, que não pode ter mais de 3 meses de emissão, na data da entrega. Lembrando que caso o brasileiro que esteja pedindo tenha vivido em outros países, poderá apresentar o documento de casa um deles.
Toda a documentação deve ser apresentada traduzida por um tradutor juramentado, no consulado espanhol próximo ao seu endereço, uma vez que se consiga agendar uma data. Verificar se o agendamento é por telefone ou através da internet.

Importante lembrar que o pedido de nacionalidade espanhola por casamento só deve ser feito após completar 1 ano que o casal, depois do casamento esteja vivendo na Espanha.

origemdossobrenomes

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.